Seguidores

Quem sou eu?

Na verdade, não sei muito bem quem sou.

Sei que sou o que sinto, do tamanho do que sinto.

Sinto-me viver vidas alheias.

Sinto as dores de quem nem está sentindo, mas eu sinto.

Sou o correr de uma lágrima, antes mesmo de chorar.

Sou um aglomerado de emoções.

Sou lamentos dos meus sofrimentos.

Sou pensamentos e pensamentos.

Sou reflexo das minhas atitudes.

Sou momento.

Sou o esquecer e o lembrar.

Sou a indagação da vida, sou ferida.

Sou o defender, o acusar.

Sou o conhecer do eu diferente.

Sou valente.

Eu sou transformação.

Sou a pessoa mais solitária do mundo,

Mas que nunca fica sozinha.

Sou a pessoa mais forte do mundo.

Mas que está sempre com medo.

Sou o exaltar das minhas realizações.

Sou mãe, sou filha, sou avó.

Sou o encontro de mim, comigo mesmo.

Sou o que sou, me orgulho muito de tudo que sou.

Enide Santos

Poeta poesia

Poeta poesia

Talvez por gostarmos de poesias

Nossos sentimentos são mais intensos.

Nossa audição tem desejos

O nosso olfato tem sonhos

Nossa visão é cega e imaginaria.

O som da nossa voz são as letras.

Os nossos sentimentos não nos pertencem.

Doamos muitos a cada poesia.

Motivamos novos sem que percebamos

Mas como tudo no mundo

O poeta não poderia ser diferente

Ele se doa a um sentir, seu e de outrem.

Mas quer reparas, que quase nunca vem.

Quer que retorne para si em forma de compreensão.

Pode até não perceber

Mas anseia o retorno do seu sentir.

Não o retorno da dor, que poesia já virou.

Quer os sentimentos que a poesia causou.

Mesmo sabendo de sua imaterialidade.

Quer que seu sentir seja palpável, concreto, sólido.

Para assim poder decidir se o quer ou não em si.

8 comentários:

  1. Que beleza de som você nos traz!!!
    Que belo este poema!!!
    Poesia é assim toca e encanta!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem presente lá no blog pra ti! Mas participe se quiser sim?
      bjus

      http://diariosdesafios.blogspot.com.br/2012/11/vamos-brincar.html

      Excluir
  2. Enide, talvez por gostarmos de poesia ... o som da nossa voz,
    são letras ... talvez a poesia que surge em sua mente sensível
    exploda em ondas de tamanha inspiração para nos doar letras tão
    especiais, tão cheias de magia em tão lindos versos.
    Abraço.
    iara

    ResponderExcluir
  3. Muito belo, Enide. O poeta é assim. Incompleto e sensível, complexo com desejos simples.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  4. A Dulce falou o que eu penso...hehehe! Mas ainda vou completar. Somos mágicos, poetas são mágicos que reinventam palavras e sentimentos!!!
    Belo poetar o seu querida! Adorei.
    Um carinhoso abraço.

    ResponderExcluir
  5. Olá Enide,

    A "visão cega e imaginária" tem o poder de vislumbrar e conduzir por caminhos que encantam a alma... O que só um ser poético é capaz de fazê-lo.

    Parabéns por tão doces palavras!

    Forte abraço!

    ResponderExcluir
  6. Enide... Parabéns!!!
    Poeta é vida, vivida, viver e sonhar,
    imaginar, criar,construir, ser um eterno aprendiz,
    se inspirar e com palavras uma tela pintar,
    atrás das cortinas chorar, no palco sorrir,
    cantar e dançar, atuar e sua platéia encantar.
    Se aplausos ouvir, feliz ficar e, se críticas receber,
    ficar de pé e continuar a caminhar...(Men@)
    besOSMen@

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde, Enide. O poeta quer no fundo, até que lguns não assumam, o reconhecimento de suas obras tão almáticas, que são uma com ele, sejam elas tristes ou não, ele quer ouvir o que achamos, o que pensamos sobre o seu modo bem peculiar de ver a vida, estampado em versos, que vez em quando, apenas dá para sentirmos porque a mente do criador é tão simples e ora tão complexa deixando quem lê fazer várias interpretações do que está escrito.
    Penso, que nem todos dão valor a esse ser incompreendido, que não partilham com ele de suas alegrias, seus anseios, sua dor.
    Poeta é um ser, que antes de tudo tem de ser simples em sua essência, caso contrário, não é um poeta, é alguém em busca de um estrelismo apenas, sem alma e credibilidade!
    Sejamos um com os poetas, sejamos poetas não intitulados, deixem que façam isso por nós!
    Sensibilidade, sempre!
    Amo suas poesias!
    Beijos na alma e fique com Deus!

    ResponderExcluir

É maravilhoso poder descrever sentimentos, e poder dividi-los
Agora aguardo ansiosa seus comentários.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...