Seguidores

Quem sou eu?

Na verdade, não sei muito bem quem sou.

Sei que sou o que sinto, do tamanho do que sinto.

Sinto-me viver vidas alheias.

Sinto as dores de quem nem está sentindo, mas eu sinto.

Sou o correr de uma lágrima, antes mesmo de chorar.

Sou um aglomerado de emoções.

Sou lamentos dos meus sofrimentos.

Sou pensamentos e pensamentos.

Sou reflexo das minhas atitudes.

Sou momento.

Sou o esquecer e o lembrar.

Sou a indagação da vida, sou ferida.

Sou o defender, o acusar.

Sou o conhecer do eu diferente.

Sou valente.

Eu sou transformação.

Sou a pessoa mais solitária do mundo,

Mas que nunca fica sozinha.

Sou a pessoa mais forte do mundo.

Mas que está sempre com medo.

Sou o exaltar das minhas realizações.

Sou mãe, sou filha, sou avó.

Sou o encontro de mim, comigo mesmo.

Sou o que sou, me orgulho muito de tudo que sou.

Enide Santos

Anseio de amar

anseio de amor

Meus olhos anseiam

Por sorrirem para os teus

Meus lábios almejam

Apertar os teus

É uma busca árdua

Uma espera constante

De olho no horizonte

Até te encontra

Assegurando-me

De manter a esperança

Que você perceba

Que estou te buscando

Em meio a esta imensidão

Estou te chamando

Que o eco

Dos meus pensamentos

Encontre você

Que as lágrimas

Permutadas com as ondas

Se mostrem, apareçam, revelem-se.

Quem sabe assim você possa entender

O quanto eu preciso de você.

Enide Santos 30/11/12

3 comentários:

  1. Olá Enide,lindo poema principalmente quando se fala da imensidão do mar e suas ondas que nos levam a sonhar.

    Bjs.
    Carmen Lúcia

    ResponderExcluir
  2. Quem és?
    Sou o meu segredo de todas as horas,
    uma constelação silenciosa
    que explode na intimidade da noite
    quando em poesia nos damos!

    Beijos...
    AL

    ResponderExcluir
  3. Um oi de domingo pra ti... SE é que existe alguma diferença entre este e o de outros dias, aceite-o com carinho e simpatia. Às vezes entendemos ou bem sabemos o que nos concebeu um verso. Entenda-me: muitas vezes não consigo entender o que muitos poetas tentam expressar em seus versos. Talvez esse fato torne a poesia uma outra magia e isto confesso.
    Alice in "sinceridade apenas..."

    ResponderExcluir

É maravilhoso poder descrever sentimentos, e poder dividi-los
Agora aguardo ansiosa seus comentários.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...