Seguidores

Quem sou eu?

Na verdade, não sei muito bem quem sou.

Sei que sou o que sinto, do tamanho do que sinto.

Sinto-me viver vidas alheias.

Sinto as dores de quem nem está sentindo, mas eu sinto.

Sou o correr de uma lágrima, antes mesmo de chorar.

Sou um aglomerado de emoções.

Sou lamentos dos meus sofrimentos.

Sou pensamentos e pensamentos.

Sou reflexo das minhas atitudes.

Sou momento.

Sou o esquecer e o lembrar.

Sou a indagação da vida, sou ferida.

Sou o defender, o acusar.

Sou o conhecer do eu diferente.

Sou valente.

Eu sou transformação.

Sou a pessoa mais solitária do mundo,

Mas que nunca fica sozinha.

Sou a pessoa mais forte do mundo.

Mas que está sempre com medo.

Sou o exaltar das minhas realizações.

Sou mãe, sou filha, sou avó.

Sou o encontro de mim, comigo mesmo.

Sou o que sou, me orgulho muito de tudo que sou.

Enide Santos

Gritos do mundo



O mundo inteiro grita e eu posso ouvir.
Ás vezes, não sei dizer o que é real ou o que é fruto de minha imaginação.
É um luta diária, para classificar cada som.
Muitos dos sons que ouço, são construídos pela minha mente.
Procuro me manter sempre conectada com a realidade.
Não me deixo levar com as dores da vida.
 Pois elas são as principais responsáveis pela maioria dos gritos.
Na realidade, os gritos existem, mas depende de nós para interpreta-los.
Depende de como nós sentimos no momento.
Nos dias em que me vejo preocupada ou com medo;
Sempre ouço os gritos do mundo.
Hoje, já aprendi a lidar com estes sons.
Por isso estou descrevendo meus pensamentos;
É isso que faço para me manter consciente de que a minha mente, ás vezes me mente.
Sei que tudo isso faz parecer que sou doente da mente, eu não sei se sou.
Só sei que, desde que me tornei mãe, deixei de ouvir só para mim ou por mim.
Só consigo ficar tranquila quando estou junto das minhas meninas.
Bom, agora também tem meninos.
Já deu para entender porque tenho a mente doente.
Doente de amor.                                                   09/04/2012



Um comentário:

É maravilhoso poder descrever sentimentos, e poder dividi-los
Agora aguardo ansiosa seus comentários.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...