Seguidores

Quem sou eu?

Na verdade, não sei muito bem quem sou.

Sei que sou o que sinto, do tamanho do que sinto.

Sinto-me viver vidas alheias.

Sinto as dores de quem nem está sentindo, mas eu sinto.

Sou o correr de uma lágrima, antes mesmo de chorar.

Sou um aglomerado de emoções.

Sou lamentos dos meus sofrimentos.

Sou pensamentos e pensamentos.

Sou reflexo das minhas atitudes.

Sou momento.

Sou o esquecer e o lembrar.

Sou a indagação da vida, sou ferida.

Sou o defender, o acusar.

Sou o conhecer do eu diferente.

Sou valente.

Eu sou transformação.

Sou a pessoa mais solitária do mundo,

Mas que nunca fica sozinha.

Sou a pessoa mais forte do mundo.

Mas que está sempre com medo.

Sou o exaltar das minhas realizações.

Sou mãe, sou filha, sou avó.

Sou o encontro de mim, comigo mesmo.

Sou o que sou, me orgulho muito de tudo que sou.

Enide Santos

Pensamento

644723_334775866626074_281257368_n

Pensamentos

São letras

Sem cores

Sem contornos

 

São palavras

Não concebidas

Não editadas

Não pronunciadas

 

São expressões

Da alma

Dos olhos

Do corpo

 

São verbos que tem vida própria

veem quando querem

Não se consegue controlar

ditam para os sentimentos

até onde devem chegar

 

Pelejam ferozmente

camuflam-se um no outro

Alastrando-se por todo o ser

montando uma forma de viver.

 

Enide Santos 19/04/13

Bando na noite

noite

Sinto-a surgir à minha volta

todos meus sentidos

estão alertas

Já consigo entender

o som de seu véu

Arrastando-se pelas encostas

 

Vem surgindo, gigante

como a viúva do dia

Surge como sempre

desde o principio

sem se decompor

 

Nasce com sua lua

de hálito refrescante

envolve-me e me convida

a ir através da triste voz da solidão

 

Juntas me fazem refém

como uma quadrilha

que planejava a saída

de um choro que não vem.

 

Enide Santos 10/09/2013

De onde nasce o poema?

1173862_377367755700218_256645744_n

Nasce do sonho de vida

da dor de uma partida

da rejeição de um amor

ou do nascer de uma flor

 

Um poema nasce da emoção

que quer ser dividida

muitas vezes sentida

dentro do coração

 

Nasce de um desejo de encantar

de uma forma de falar

do pensamento em erupção

de buscar uma razão

 

Um poema nasce na alma

mas lá não quer ficar

anseia para ter vida

em forma de escrita

 

Enide Santos 15/08/13

Faz de conta

988663_544262878942272_934941356_n

Vou descrever e também registrar

meu real pensar

Não quero passar tempo

montando frase sobre sol e lua

Não estou à cata de aplauso

busco sim, me exprimir

com assuntos, complicados para mim.

Recuso-me a aceitar certas injustiças

todos tem muito xodó com o tal do amor

Mas há ódios muito mais nobres

que a maioria dos amores.

Que tanto se pegam nas verdades?

A verdade não é nada melhor que a mentira

E quanto ao sonho?

Que nada mais é que a forma da esperança

Da velha e cansada esperança

que já desistiu de si mesma a muito tempo.

Mas nada disto precisa ser dito

tem que ficar escondido

enquanto fingimos viver.

Enide Santos 26/08/13

Lembra?

images (2)

Quando o tempo nós pertencia

dia e noite não existiam?

Quando ainda era cedo demais

Para tudo conhecermos?

 

Lembra-se do som de nossos passos

ao corrermos um para o outro?

E as batidas que vinha de dentro de nós

como se os nossos corações tivessem voz?

 

Lembra?

 

De o meu primeiro despertar com você

Disse que para sempre te amaria

que nunca iria te esquecer?

E você disse; Juntos vamos envelhecer!

Se lembra quando...

 

Enide Santos 08/09/13

Querer e querer

1233509_377373249033002_707709203_n

Queria tanto guardar em mim

a sensação de cada toque

não permitir que se perca

nem a mínima das sensações

 

Guardar cada lembrança

cada vez que te vi, que te olhei

cada vez que meus olhos

alcançaram você

 

Esperava realmente ser eu, dona

proprietária de meus sentires

para apoderar-me deles

quando bem me conviesse

 

Desejava guardar

cada som que soa de você

cada gesto que te faz viver

não seria preciso me esconder

por trás de ilusões

e de você minha eternidade fazer

 

Mas estou subordinada a obedecer

uma exigência do meu ser

Buscar entender

o que não é para se entender

E querer guardar

o que não se guarda.

 

Enide Santos 02/08/13

Principio

adaoeva

Toda a humanidade

repelida da perfeição

Privada da perspectiva

da eterna vida.

 

Do fruto proibido

veio a abominação

No jardim mais bonito

perdemos a salvação

 

Do paraíso fostes banida

Aniquilada pela vida

Carregando apenas a dor

 

Então nasce o amor

simbolizando a vida

ele a amparou

tornou-se um mundo

para seu amor

 

Até agora tu alma chora, mulher

são restinhos da dor

que o pecado deixou

já de inicio estivestes condenada

apenas por Adão fostes amparada

 

Enide Santos 08/09/13

Noite a fora

Noite à fora

Oh!Insônia...

Noites pesadas desabitadas apenas repletas de dissabor

Oh! Perca de tempo

Visões de olhares distantes e doentes da alma

Enfastiadas faces solitárias

Oh! Solidão

Fonte de sentimentos que jorram

Inutilmente para fora e para dentro

Cálices que ressoam para o nada

Oh! Infindável tristeza que habita em mim

Em noites de vigília

Lucubração que desmorona com meus sonhos

Sonhos?

Oh! Sonho que apenas atravessa minhas noites

Ilude os meus dias marcando-os com pequenos passos

Pequeninas pegadas deixadas no vão do nada

Oh! Fardo de longínquas e penosas horas,

Voltadas ao silêncio com tropeços em pensamentos

Embutidos em palavras que agora rolam, rasgam-se para fora

Aqui fora onde existe o que vivo dentro de mim.

 

Enide Santos 29/07/13

Sabe quando aconteço?

944155_464474590293257_501732562_n

Aconteço...

quando de olhos abertos

não enxergo nada.

quando não penso

no fim da estrada

 

Quando detenho meus sentidos

nem mesmo um piscar

o olho se atreve a dar

cessam-se as batidas do coração

morro um pouco

morro um tempo

para logo voltar a existir.

 

Aconteço...

 

Quando deixo minha alma falar

liberto-a para que possa sentir

seja lá que sentimento for

alegria ou dor.

mesclando choro e riso

concedendo-lhe abrigo

 

Aconteço sempre que vou em mim

no canto da boca, nasce um riso

em seguida tudo se fecha

em um suspiro

e estou eu a acontecer.

 

Enide Santos 21/07/13

Instante

164207_490750797665636_2033954616_n

Olhe...

queira ver

queira sentir

se embriague assim

instante por instante

 

cada semente que brota

cada galho que surgi

cada folha que cai

 

Tudo orquestrado

para ser e acontecer

tudo em seu lugar

até mesmo o ar

 

São inúmeros

são perfeitos

mudam-se

acumulam-se

 

É o instante quem pinta

o cenário na tela da vida

são conjuntos de formas

nas cavernas das horas

 

São os instantes

quem compõem o tempo

não os deixe passar

sem os notar

 

Enide Santos 19/07/13

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...