Seguidores

Quem sou eu?

Na verdade, não sei muito bem quem sou.

Sei que sou o que sinto, do tamanho do que sinto.

Sinto-me viver vidas alheias.

Sinto as dores de quem nem está sentindo, mas eu sinto.

Sou o correr de uma lágrima, antes mesmo de chorar.

Sou um aglomerado de emoções.

Sou lamentos dos meus sofrimentos.

Sou pensamentos e pensamentos.

Sou reflexo das minhas atitudes.

Sou momento.

Sou o esquecer e o lembrar.

Sou a indagação da vida, sou ferida.

Sou o defender, o acusar.

Sou o conhecer do eu diferente.

Sou valente.

Eu sou transformação.

Sou a pessoa mais solitária do mundo,

Mas que nunca fica sozinha.

Sou a pessoa mais forte do mundo.

Mas que está sempre com medo.

Sou o exaltar das minhas realizações.

Sou mãe, sou filha, sou avó.

Sou o encontro de mim, comigo mesmo.

Sou o que sou, me orgulho muito de tudo que sou.

Enide Santos

Mostrando postagens com marcador Epístola. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Epístola. Mostrar todas as postagens

Epístola 21

Filipenses

São Paulo, 01 de setembro de 2015.

 

Fragmentos de mim.

 

Enide Santos (Poções, 30 de outubro de 1968).

Decidi que não quero ir para sempre, e para isso me propus a criar o caminho que me fará permanecer, pois de alguma forma quero ficar.

Hoje tudo que tenho é tudo que sinto e é este o meu passaporte para alçar meu principal voo. A liberdade de estar depois de ir.

Para chegar onde quero preciso trespassar o tempo, necessito de conhecimento e principalmente da intimidade com o entendimento, porém jamais saberei se cheguei, mas ao menos saberão que tentei.

O que mais me é necessário hoje é que me deem amanhã, hoje convém plantar-me no futuro sem mim o qual jamais saberei se brotei.

Não quero apenas tornar-me leve e simplesmente ser levada pelos ventos, quero jazer-me em negrito ou itálico quero ser grifo.

Habita-me o conteúdo ao qual almejo aprimora-lo e intensifica-lo, para que não se desfaça facilmente.

Pretensão de minha parte? Sim, sei que sim, mas se eu não fizer por mim como poderei dizer para que façam por si se é para isso que estamos aqui!

Nascer não é apenas para viver por viver, nascer é o principio de se fazer.

Neste contexto, dedico minha vida a construção de minha morte, a sua eterna gestação de mim.

Enide Santos 01/09/2015.

Epístola- 19

images

Fragmentos de mim

 

Regressando do amor...

Uma bagagem pesada repleta de dores e de saudades, farto de emoções e ilusões.

Dormi tantos dias com teu amor aquietado ao meu coração.

E em tantos outros quando acordava, sorria, sabia que era por você que aflorava a minha paixão, e ao me deparar com o dia em que todas suas horas estão vagas de ti.

Ah! Meu Deus talvez fosse mais fácil apenas dormir e dormir.

Agora a noite repousa em meu peito, dosa de instantes vagos os meus sonhos.

Resta-me acolher as dores das lembranças e das saudades que hão de perdurar sem pedir licença.Tenho agora a sensação do nada e poder do tudo ao meu dispor.

Mas estou frágil demais até mesmo para chorar porque sinto pesar por você não ver as minhas lágrimas, por não presenciar toda intensidade do que elas realmente significam, a elas não são dadas o devido valor. (Parece que o mar verte de mim).

Tenho que arrancar as raízes que estão presas a minha alma, sem ter o direito de fraquejar, e tenho a obrigação de aceitar que você simplesmente se vá.

Está intacto em mim o amor.

E nada mais sou agora que um vândalo exterminador.

Eu era amor e paixão

Agora sou aniquilação.

Recolho-me ao silêncio que se faz em mim.

E por todas as outras forças da natureza permaneço.

Hoje quando acordo ainda me vejo, ainda sou eu sem ti

Sou eu com todas as outras coisas do mundo que não substituem você.

Mas sou eu com todas as outras coisas regressando do amor.

 

Enide Santos 21/09/14

Epístola-18

love_letters_page_1__by_inkstainedhands

Fragmentos de mim

 

Ah, amor arranca de mim esta vida inútil,

Apenas me serve para chorar tua falta!

Ter que viver sem você é mesmo uma tortura.

Tenho que dormir e acordar, dormir e acordar.

Nada tem sentido, tudo é visco.

Nem meus lamentos chegam até você

Nem de minha dor você pode saber.

Ah, que vontade eu tenho de morrer!

Estou cansada de fingir alegria,

de me mostrar satisfeita por tudo que tenho.

Eu não tenho você.

Nunca posso estar com você.

Só sei da dor que sinto e tenho que fingir não sentir.

Ás vezes meu peito doe de tanto engolir o choro.

Não consigo aceitar, que esperei tanto tempo pra te conhecer,

Demorei uma vida toda para te encontrar,

E tenho que abrir mão deste amor.

Não sinto vontade de seguir em frente,

Já sabendo que não há nada mais lá.

Tudo que preciso tudo que quero esta com você, esta em você

Meu Deus como eu te amo!

Meu Deus como isso doe!

Que vontade tenho de arrancar de mim está vida.

Ai que saudade!

Ai que necessidade tenho de estar com você!

Desculpe-me as palavras pessimistas.

Não preciso fingir pra você e também não quero fazer isso.

Hoje estou fraca demais para fingir,

não se preocupe é apenas uma forma de buscar forças uma forma de desabafo.

Perdoe-me por amar você tanto e ter que dizer-lhe estas coisas.

Eu não sei até onde tudo isso vai.

Eu não sei.

Desculpe-me te amar tanto.

 

Enide Santos 10/07/14

Epístola - 17

epistola

Fragmentos de mim

 

Eu te amo com toda a força de minha vida.

Eu te amo muito, não sei por que, não sei até quando só sei que amo.

Não sei o que faço sozinha aqui com todos estes sentimentos,

com todos estes ecos de palavras ditas apenas pelos pensamentos.

Não sei o que faço com está saudade que nunca se acaba.

Com este silêncio que chora, que lê, vive e quer morrer.

Já acordo sepultando vontades, derramado dentro do peito coragens.

Eu te sinto tão triste, mudo, submisso. E nada sei fazer para cuidar de você.

Fico quieta, calada tentando ser ao menos algum tipo de amparo caso você queira.

Por aqui as coisas não são fáceis também...

As coisas vão acontecendo eu vou levando-as, mas com você sempre aqui junto comigo o tempo todo, sonhos e mais sonhos, coisas que tenho para te dizer, coisas que queria dividir com você, mas digo para o tempo, falo sozinha como se alienada eu fosse.

Eu não sei o que acontece ai, sei que você demonstra que é preciso estar ai e que nunca vai poder estar aqui.

Eu só tenho duas escolhas:

Estar sem você ou ficar sem você.

Só te sonho quando você quer ser sonhado, nunca quando eu quero sonhar.

Eu vou estar aqui

Eu vou ficar aqui.

Amor meu.

 

Enide Santos 03/07/14

Epístola-16

images (2)

Fragmentos de mim


 

E as mãos dos sonhos ainda me roçam a pele.


Amparou-me com sua existência, ocupou meus pensamentos por muitas e muitas horas. Realizou sonhos meus e muitos outros me ofereceu.

Deu-me sonhos sim, e para realiza-los impregnou-me de vida.

Seu amor ensinou-me a não temer a saudade a não fugir dela, fez-me paciente e terna com minhas nostalgias, seu amor ajudou-me a saborear

cada fragmento do meu amar. Posso sentir o melhor de você em mim.


Hoje habitam sonhos e saudades nas lágrimas vivas que agora morrem de mim. Aprendi a andar no tempo, idas e voltas há lugares que somente meu pensamento é capaz de alcançar. As horas passam como tem que passar como sempre passaram, e eu? Prossigo sozinha dividindo minha vida com alguém muito mais frágil que eu, alguém que tenho que proteger a todo custo e a todo o momento, alguém de quem depende tudo que sou de onde emana a minha seiva.


Ah! Mas a minha solidão já não é mais a mesma, ela pressente um riso a vagar, sabe que por trás daquelas lágrimas está você e tudo que a tua presença deixou, agora a minha solidão é feita de recordação, cometida de espera e instigada por tão intenso amor.

Em muitos dos caminhos em mim, até mesmo desconhecidos por mim, você chegou, deixou marcas vivas que se rebelam exigindo tua presença.


Já me sangram as mãos, de tanto segurar as rédeas desta paixão.


Mas às horas vão devorando os meus sonhos e me vejo só, tendo que por fim em tudo menos em mim.


 

Enide Santos 14/06/14

Epístola -15

1378611_568754069860673_704523993_n

Fragmentos de mim

 

O nosso primeiro amanhecer juntos, não poderá mesmo acontecer, não é mesmo?

Somente em nossos sonhos ele ousou existir.

Nossas noites irão permanecer vazias de nós,

E o tão sonhado primeiro despertar ao teu lado, não virá.

Que ninguém se atreva a me pedir para arrancar-te de mim!

Porque simplesmente isso não vai ocorrer, não vou permitir que se vá daqui

nunca "amor meu", nunca enquanto eu existir.

O amor que tenho por ti é um sopro divino que fora derramado em mim.

Gosto tanto e tanto de quem sou e de como sou quando este sentimento penetra em cada um de meus pensamentos.

A vida, o destino, o tempo não sei quem ou o que tenho que enfrentar, mas nada absolutamente nada vai tirar-te daqui.

Tenho plena convicção de que não posso ser importante para ti como tu és para mim, mas sei exatamente como ficas perfeito em mim.

Ainda sinto-me completa por ter podido vestir-me com teu olhar.

Ah! O teu olhar...

Ah! Este teu olhar, ele é o responsável por eu me apaixonar, por eu tanto e tanto te amar "minha vida”.

Ainda que tu sejas eterna saudade, jamais te arrancarão de mim, "amor meu".

Que sejas apenas lembranças de um pouco do passado que fizemos, mas não te tirarão de mim. Ainda quando eu me deitar para sempre.

Quando meus pensamentos forem apenas ecos no passado.

Ainda que apenas pó eu for, ainda seremos "eu e você”.

Pó de mim com você.

 

Enide Santos 30/03/14

Epístola -14

1378656_568753996527347_1154231506_n

Fragmentos de mim

 

“Tu e eu”

Já quando acordo, assim que os sentidos recobro.

Minha vida inteira sente prazer porque meu primeiro pensamento é você!

Antes mesmo que a dor da saudade se aposse de mim.

Sou tomada por uma intensa alegria o júbilo de poder te amar, tanto e tanto assim.

Estou definhando de saudades (amor meu)

Apenas quero estar em um cantinho, perguntando para a vida por quê?

Porque, por que tenho que ficar sem você?

Já me parece tão distante lembrar-me de teus olhos

E esta é a dor que me consome

A de perder o teu olhar para o tempo.

Até tento busca-lo em fotografia

Oh! Mas não, nela há apenas um passado morto onde eu não estava presente.

Não é como a lembrança do vivo passado que ainda esta em mim.

Ele agora está fraquinho a saudade e o tempo, estão por me vencer, e eu morro cada vez mais um pouquinho por me ver perder este teu olhar.

Ah! Minha vida como está difícil construir a nossa história! “Tu e eu”

Estou aqui, longe muito longe de ti.

Estou fazendo minha parte de nossa história

Cada minuto, cada hora, banhando o agora de saudades, preenchendo as horas de sonhos.

Cada amanhecer é uma nova esperança de poder estar com você, mas o dia vai embora e não te trás para mim e me entrega para a noite que parece tão imensa e silenciosa para tudo, menos para os soluços que me fazem dormir.

Tudo isso dói muito, mas doeria muito mais se eu não pudesse esperar por você.

Eu espero que volte para meus braços é este aqui o seu lugar.

Eu te amo com toda força que tenho em minha alma.

 

Enide Santos. 17/0314

Epístola -13

1379435_568754769860603_1163750216_n

Fragmentos de mim


Eu tenho tantas coisas para te dizer, tantas palavras repletas de amor.

Elas estão aprisionadas há muito tempo, porém agora estamos felizes,

Porque não será mais necessário buscar outro amor.

O meu amor por você será eterno e independe de ti, independe de tudo.

Não faz diferença se estou ou não contigo, te achei, te procurei tanto e por tantas vezes te chamei sem conhecer uma única letra de teu nome eu te gritei, não, não é uma tentativa de ser poeta, estou enfim podendo ser EU.

Eu posso esperar eternamente por você, isso não quer dizer que não vá doer.

Ah! Isso vai doer e vai doer muito, mas acredite que vai doer muito mais se tentar me impedir de te amar. Amar-te me da vida e para mim vale apena viver cada dia de minha vida (sozinha) com você.

Não deixe que eu fique sem você amor meu.

Diz que me entende, deixa eu te mostrar o tamanho que você é em mim.

Preencha meus braços amor meu, deixe que eu beije cada cantinho do teu ser.

Toda minha vida eu sonhei com alguém assim como você!

Sou tão feliz por te amar.

Sou tão feliz quando desenho o contorno de teu rosto com meu pensamento.

E imediatamente meu semblante se sorri.

Sou tão feliz quando teus olhos estão penetrando-me

E minha alma se avizinha de mim

Ah! Como sou feliz por te amar assim.

Você é meu destino não tem como fugir de mim.

Agora sim posso libertar as palavras que se aprisionaram em mim

Eu amo você e sempre vou amar.

 

Enide Santos 09/03/14

Epístola -12

1186737_568753789860701_405231684_n

Fragmentos de mim

 

Sonhando...

 

Ah, Minha vida!

Como eu quero amor meu, sentir você em meu despertar.

Não sabe e nem pode imaginar o quanto quero viver este instante com você.

O momento exato em que minha consciência vai me alertar de sua presença

O exato momento que eu entender que posso ser sua.

Ah!! Minha vida, eu vou amar tanto você, tanto e tanto que vão ecoar e pelos quatro cantos do mundo só o profundo amor que Deus criou entenderá.

Sei que são palavras que voam pelo ar,mas não tenho outra forma de te falar.

Amor meu, sinto tuas mãos percorrendo meu corpo

Buscando lugares que me dão prazer

Enquanto isso eu olho pra você, para que saiba o tempo todo do meu querer

Sinto seu toque, amor meu.

Já dei de presente para minha mente inúmeros sonhos, vejo e sinto seu corpo no meu

bem coladinho bem apertadinho, sentindo seu ar curtindo seu respirar

Pouco tempo que nós conhecemos, mas já amei você mais e melhor que qualquer ser possa ter conseguido fazer, porque é de verdade e com muita vontade.

O sonho deixa de ser sonho quando vira realidade é isso que o tempo todo buscamos.

Mas o momento de torná-lo real é incomparável penso eu.

Ainda não toquei você, mas já tentei muito e precisa ver, como fico quando me deito e quando acordo, fico horas acariciando você, querendo estar só, em algum lugar, para ficar com você é o tempo todo isso.

Não some de mim amor meu

Não some de mim meu MAR

Minha alma precisa da tua.

 

Enide Santos 10/02/14

Epístola - 11

1385847_568754773193936_618069914_n

Fragmentos de mim

 

Há alguém...

 

Então minha alma esta presa

em um passado que não é meu

em um passado que não me pertence

ou quem sabe eu não o reconheça.

 

Mas que de alguma forma

dita minha vida

mexe com meu presente

e importuna meu futuro

 

Há alguém que fala dentro de mim

alguém que não sou eu

que desconheço seus gostos

não compreendo suas emoções

mas reconheço certos atos

fascino-me com certas atitudes

encanto-me com sua coragem

 

Há um sentir que não é meu

mas que faz parte de mim

não compreendo

não consigo alcançar

Talvez venha de outras vidas

ou de um sonho

que foi esquecido de sonhar

 

Ah! Este desejo persistente

este sabor que sinto

e não o reconheço

estes sons

estes medos

 

Não sei o porquê das lágrimas

mas sinto que é preciso chora-las

Há realmente alguém em mim

que não sou eu

mas que luta muito pra ser.

 

Enide Santos 23/10/13

Epístola-10


418840_141793162657504_1177417123_n

Fragmentos de mim


 

Nas cavernas das horas


 

Entre as ruínas do tempo, meu intimo geme.

Não posso evitar este sofrer.

Tem que ser!

Que seja!

Que venha!

Mas não estarei posta.

Terá que me invadir ereta

E as lágrimas que tiverem que brotar, desçam.

Mas desçam em linha reta

Brotem, mas corram como um rio.

Que nada o impede de ir à busca de seu mar

Que caiam no colo desabe no solo.

Sem se aperceber de secar ou embeber

Não me esconderei nos escombros das horas

Viverei cada um destes destroçados instantes, dignamente.

Estou bem resolvida com esta minha dor

Já sabia que ela iria chegar

Sabia que estava a me sondar

Tentei me abastecer de tudo em você.

Mas esta saudade tinha que acontecer.

Que seja então.


 

Enide santos 13/06/13

Epístola - 09

9102_3940852479109_870917377_n

Fragmentos de mim

 

(Im) possível esboçar

Algumas vezes acontece de eu escrever, escrever sem parar.

Vou sentindo e tentando dar vida ás minhas emoções através da escrita

Algumas vezes paro sem terminar, desacreditando do meu sentir.

Penso: Isso já tem igual, alguém já sentiu!

Mas isso não pode ser! Como alguém poderia já ter sentido?

Este sentimento é meu, ninguém pode sentir.

Isso não é plagio não! É meu sentimento minha imaginação.

São momentos de meu sentir, que igual nunca poderá existir.

Podem ter o mesmo nome, saudade, alegria ou amor.

Podem ter causas parecidas, situações semelhantes.

Mas esta não! Esta é minha emoção.

Nasceu de mim (in) voluntariamente.

São causas de minha (sobre) vivência.

Absorta em meus pensamentos vem à tona (plagio de sentimento).

Agora, eu mesma querendo me condenar e nesta (in) pressão vou me safando com minha vida na mão.

Não há palavra ato ou ação que possa tracejar.

Nada que eu diga nada que eu faça não tenho como provar.

Posso até dizer, lágrimas e sorrisos manifestar.

Mas meu sentir é somente meu não tenho como esboçar

Enide Santos 25/05/13

Epístola – 08

epístola-8

Fragmentos de mim

 

Não quero deixar marca alguma em sua vida

Nem boa e nem ruim

Tudo que pudermos viver juntos, vamos viver.

Simplesmente de modo total quanto possível

Não permitirei que minha passagem em sua vida, deixe sequelas.

Não quero deixar carinhos para depois.

Não permitirei que permaneçam palavras para o amanhã.

Farei tudo que senti vontade de fazer com você ou por você.

Para quando o passado chegar chegue e fique lá.

E o presente predomine, seja aceito, desfrutado para novamente fazer um passado que passe simplesmente e não precise ser recapturado.

Acredite não vou me conter em nada para você, vou te dar tudo de mim

todos meus amores inclusive minhas dores.

Eu não me importo se você vai ou não querer receber, se isso tem ou não importância para você.

Sei que vou viver-me em você enquanto puder

Será o único ser que realmente poderá me conhecer, mas isto também não tem importância alguma.

A única coisa importante de tudo é o que estou vivendo e não o que vivi ou o que vou viver.

Estou vivendo e neste momento vivo você.

 

Enide Santos 16/04/13

Epístola -07

Epístolla 07

Fragmentos de mim

 

Atitudes...!

 

Alguém, que um dia me amou.

E muito me respeitou

Hoje, não me enxerga mais.

Jogou fora tudo que vivemos.

Tudo que compartilhamos.

Por uma única atitude

Por uma única escolha.

Ás vezes, por conjunturas da vida.

Somos forçados a atitudes

que vão contra nossos sentimentos.

Então, o presente predomina.

Tudo do passado se perde.

Tudo que foi vivido, agora está removido.

O que sente terá que deixar de sentir

Neste julgamento...

Somente as últimas atitudes são relevantes.

Todos os sentimentos anteriores

não tem importância alguma.

Mas eu faço questão, de que a minha essência.

Permaneça viva dentro de mim.

Epístola-06


 

epistola-05

Fragmentos de mim


 

Sabe qual a pior parte do que sinto por você?

É não saber exatamente o que sinto, só sei que sinto.

Hoje tenho uma necessidade absurda de dividir com você.

Fica difícil esconder das pessoas com as quais convivo, não sei qual a razão não sei por que isso acontece comigo, mas eu mesma não suporto o som sentido que vem do meu chorar, quando choro por você.

Às vezes disfarço procuro um lugar onde minha privacidade estará garantida para acalmar meu pranto.

É um tempo que venho solicitando muitas vezes no decorrer do dia.

Quando penso em você as lágrimas brotam uma após a outra com força de vontade, brotam decididas, sem culpas, certas do que querem.

Até parece que se prepararam uma vida inteira para o exato momento em que meu pensamento busca por você.

Eu as sinto vibrarem quando germinam.

Ouço seus gritos de alivio é como se estivessem sendo libertas de um longo cárcere

Percebo o prazer que sentem em deslocarem em minha face.

Eu não sei o que acontece comigo quando penso em você.

Meus sentimentos reais embaralham-se com minhas fantasias agridem-se. Uma consome a outra e eu fico no vazio.

Fico procurando na realidade um sonho e no sonho uma realidade

Quando penso em você fico tão carente, insegura, burra.

Quando se trata de você na verdade não penso, nada entendo, mal raciocino.

Quando se trata de você tudo que sinto, sinto em dobro parece provocação ou provação, não sei apenas sei que sinto.


Enide Santos 04/12/12

Epístola - 05

epístola 5

Corretivo ao amigo

 

Não entendes...

Por que não podes ver as minhas lágrimas.

Não entendes...

Por que o som do meu gemer não chega até você.

Não entendes...

Porque não se importa de viver sem mim.

Amigos têm muitos assim.

Não entendes a falta que faz pra mim.

Por que não se permitiu me entender.

Não quis me ver, nem me ouvir.

É muito difícil te ver viver, novas amizades fazer.

E eu? Falta alguma fazer.

Não entendes...

Por que não precisa entender, bom pra você.

Ficar aqui guardada como se estivesse em uma caixa de simples recordações.

Não entendes!

Por que não me tens como amigo como eu tenho a você.

Enide Santos

Epístola - 04

images (4)

Fragmentos de mim

 

Cultive, depois extermine.

Crie em seguida elimine.

Edifique, e logo após aniquile.

Como é difícil fingir não sentir.

Mais difícil ainda é ter que acordar todos os dias

Com um único propósito de exterminar o que se sente.

Buscamos tanto os bons sentimentos.

Curtimos tanto quando os sentimos.

Como é difícil extirpar com um bom sentimento.

Ás vezes é necessário, quando ele não é bem aceito.

Quando não pode ser aceito.

Como matar o amor?

Tantos outros sentimentos ruins,

Aqueles que sim, deveriam ter um fim.

Mas não o amor!

Tão difícil matar,

Tão difícil para de sentir

Mas não tem saída, não!

Banir é a única solução.

Epístola-03

download (2)

 

Fragmentos de mim

 

Ainda não ouvi o som de minha voz proferir o que sinto por ti.

Ouço só com meus pensamentos

Que se misturam com meus sentimentos.

Quem disse que sentimento não fala?

Que sentimento só sente?

O meu sentimento não apenas fala também grita.

Enlouquece a minha vida.

Esmurra-me por dentro, querendo sair.

Diz-me coisas que não tenho como entender.

Enquanto digo-lhe coisas sem nunca ter pronunciado uma palavra.

Palavras sufocadas com o som de o meu chorar.

Por você não esta aqui pra escutar.

Preciso de ti para extraí-las de dentro de mim.

Preciso livrar-me delas

São pesadas, subjugam, reprimem

Preciso liberta-las

Não podem ser prisioneiras

Transformam-se em angústia, lamentos, depressões.

Como posso tira-las de mim?

Epístola -02

images (2)

Fragmentos de mim

 

Se não der em nada minha história com você, vai doer pra valer.

Pareço ser uma adolescente apaixonada pela primeira vez.

Cheia de sonhos, sonhando todos de uma vez.

Como se nunca mais precisasse sonhar.

Se o que sinto por você não chegar a você, também vai doer pra valer.

Agora já foi não tem mais portas para fechar, eu já deixei você entrar.

Preciso aprender a viver com o que sinto.

Tento ser mais forte que o meu sentir e não o deixar me consumir.

Não sei como vou fazer, mas é urgente isso resolver.

Deve haver uma chave para eu destrancar a porta deste amor.

Agora já foi

Investi todo o meu sentir em você

Já não tem mais saída

Você já é minha vida

Eu nem reparei

Quando percebi

Já não estava mais em mim.

Só via e sentia você.

Por: Enide Santos

Epístolas -01

estudo da carta aos corintios

-Fragmentos de mim -

Só assim você olha pra mim,

Emoldurado, com os olhos parados.

Fixos em fim.

Fico vendo sua imagem, elas não diminui o que sinto.

Não querem me ajudar

Não querem apaziguar minha saudade

Alimentam meu desejo.

Sem saber como lidar com isso apenas choro.

Tento acelerar o relógio do tempo

Para que fique mais próximo de eu estar abrigada em teu peito

E que me queira ai tanto quanto eu quero estar.

Que me abrigue em teus braços.

Que não me permita esvazia-los

Queira-me contigo.

Minha alma chora pela sua.

Por: Enide Santos

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...