Seguidores

Quem sou eu?

Na verdade, não sei muito bem quem sou.

Sei que sou o que sinto, do tamanho do que sinto.

Sinto-me viver vidas alheias.

Sinto as dores de quem nem está sentindo, mas eu sinto.

Sou o correr de uma lágrima, antes mesmo de chorar.

Sou um aglomerado de emoções.

Sou lamentos dos meus sofrimentos.

Sou pensamentos e pensamentos.

Sou reflexo das minhas atitudes.

Sou momento.

Sou o esquecer e o lembrar.

Sou a indagação da vida, sou ferida.

Sou o defender, o acusar.

Sou o conhecer do eu diferente.

Sou valente.

Eu sou transformação.

Sou a pessoa mais solitária do mundo,

Mas que nunca fica sozinha.

Sou a pessoa mais forte do mundo.

Mas que está sempre com medo.

Sou o exaltar das minhas realizações.

Sou mãe, sou filha, sou avó.

Sou o encontro de mim, comigo mesmo.

Sou o que sou, me orgulho muito de tudo que sou.

Enide Santos

O que sabe o amor de mim?














O que sabe o amor de mim?
O que eu não sei que pode ele saber
para tentar me controlar?
Sempre com seu apetite voraz,
devorando-me a cada instante mais.
Aleija minha respiração
tornando-a uma bastarda
e insaciável emoção.

O que sabe o amor de mim?
Para dizer que choro errado,
que o profundo ainda é raso!
Que este ardor é só uma brasa
do que ainda esta por vir.
O que sabe para denegrir meu enredo
Contestar um a um meus ensejos
Deixando-me perdida de mim?

O que sabe esta atração?
O que entende esta afeição,
Para fazer meu tempo parar,
Para de tudo que faço duvidar?
E apenas o silêncio do mundo desejar.


Enide Santos 02-01-17

Um comentário:

  1. Olha
    li seu perfil.Linda História...posso entender teu contentamento. .Parabéns.
    Li também o poema:O que o amor sabe de mim...tem muito de todo mundo. ..Obrigado!

    ResponderExcluir

É maravilhoso poder descrever sentimentos, e poder dividi-los
Agora aguardo ansiosa seus comentários.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...