Seguidores

Quem sou eu?

Na verdade, não sei muito bem quem sou.

Sei que sou o que sinto, do tamanho do que sinto.

Sinto-me viver vidas alheias.

Sinto as dores de quem nem está sentindo, mas eu sinto.

Sou o correr de uma lágrima, antes mesmo de chorar.

Sou um aglomerado de emoções.

Sou lamentos dos meus sofrimentos.

Sou pensamentos e pensamentos.

Sou reflexo das minhas atitudes.

Sou momento.

Sou o esquecer e o lembrar.

Sou a indagação da vida, sou ferida.

Sou o defender, o acusar.

Sou o conhecer do eu diferente.

Sou valente.

Eu sou transformação.

Sou a pessoa mais solitária do mundo,

Mas que nunca fica sozinha.

Sou a pessoa mais forte do mundo.

Mas que está sempre com medo.

Sou o exaltar das minhas realizações.

Sou mãe, sou filha, sou avó.

Sou o encontro de mim, comigo mesmo.

Sou o que sou, me orgulho muito de tudo que sou.

Enide Santos

Eu e meus quarenta e seis anos.

Moganngua 029

Nossa!

O que me segura ainda aqui nesta vida?

Eu descobri que posso criar sonhos.

Que posso ter uma plantação infinita deles.

Sei que se depois que eu fizer de tudo para realizar qualquer um deles não der certo, eu tenho muitos e muitos outros.

Não somente para mim, mas para outras pessoas que queiram uma semente.

Isso me fornece vida, me fornece o desejo de seguir em frente, sem ter a obrigação de nunca desistir de um sonho, sei que pode parecer errado dizer isso, pois quase todas as pessoas que conheço aconselham-me ao contrario, para que eu nunca desista dos meus sonhos. Se ele estiver me matando ao invés de me dar vida, sinto muito, tenho outros sonhos pra realizar.

Bom, eu faço assim e gosto disso, pois tenho sempre alguma atividade, umas vão bem outras nem tanto, e assim vou me alimentando desta vida.

Vou provando sabores diferentes de sonhos diferentes, não sei para onde e nem para que.

Sei que quero mesmo é viver.

E como esta sede de vida faz muito bem para mim eu adoraria que outras pessoas pudessem entender que não há necessidade de ficarmos presos a nenhum paradigma.

Nós fazemos os nossos dias e usamos os nossos sentimentos e também usamos o nosso coração, plantando nele bons sonhos não apenas para nós, mas para as pessoas que nós cercam vivemos melhor quando conseguimos fazer com que a nossa parte boa supere a nossa parte não tão boa assim.

O sentimento de dignidade é impagável é o melhor de todos eles, a meu ver.

Quando você é digno com você

Digno com o outro

Digno com Deus.

Nada supera, nem mesmo o amor.

Está sou eu agora com quarenta e seis anos, apaixonada pela vida, pela poesia

Pelos meus familiares e amigos pelo e De que é a minha luz.

Tudo isso sendo guiada pelas mãos de Deus.

Obrigada sempre a cada um que faz parte de minha vida, que durante este ano encheram minha vida de muitas alegrias e de muitas palavras de carinho e amor eu adoraria poder citar o nome de cada um tanto em casa como no face e também nos sites onde levo minhas letras. Eu sou pequena, mas o meu Deus é grande e pode levar a cada um sonho realizável.

Obrigada e felicidades a todos por tudo.

 

Enide Santos 30/10/14

8 comentários:

  1. Eunice, antes de mais parabéns pelo seu aniversário,,,Fiquei sabendo no G+1 que estva fazendo comemoração aniversário...Quanto á paixão de viver que alimenta seus sonhos e realidades, a achei muita pura e honesta-marca de uma pessoa que se ama a si própria, pois sem essa raíz pessoal não faria tanto sentido procurar a sua felicidade. Abraço carinhoso.

    ResponderExcluir
  2. Querida amiga Enide,que Deus abençoe você,ainda é uma jovem mulher,não deixe de lutar pelos seus ideais.
    Parabéns pelo texto e pelo aniversário.
    bjs-Carmen Lúcia

    ResponderExcluir
  3. Costumo dizer que poder comemorar a VIDA e não os anos vindos é coisa para poucos. Somente aqueles que sabem a que vieram nesta TERRA conseguem perceber estas sutilezas. Está excelente para os seus 46. Eu estou nos 48 e me acho ótima e coleciono sonhos todos os dias...
    Beijinhos e parabénsssss!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns, Enide! Também festejei aniversário este mês, só que mais uns quantos!...:-))
    Tudo de bom para ti. Está linda e cheia de força. Gostei muito de ler acerca do teu pai ; um homem muito lindo decerto. O que importa não é o que se estuda, mas o que se aprende.
    Dias felizes!
    xx

    ResponderExcluir
  5. Compreendo-te muito bem! Gosto do que escreves e quando te referes ao pai, redobro o prazer de te ler. Aprendeste e continuas a aproveitar essa positiva aprendizagem como tua riqueza. Também sou um pouco assim.
    Obrigado pela companhia.
    Bj

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde querida Enide..
    só agora que vi.. o google+ recebe tanta coisa rsrs que eu até me perco nele..
    nós somos eternamente crianças..
    não importa os anos físicos pois os anos do espírito são muitos e cada vez vamos aprendendo mais..
    eu sempre me dou 10 anos a menos e não é que funciona..
    tem pessoas que me deram 20 muitas vezes rsrs
    eu nunca gostei de estudar... confesso, pois vivia na padaria comendo empadinhas rsrs mas amo poetar assim como tu.. fique sempre bem bjs poetisa

    ResponderExcluir
  7. Tem razão, querida amiga, há sonhos que não valem a pena, melhor é desistir. Há pessoas que não valem, melhor esquecê-las. Relacionamentos, sentimentos. Vale a poesia, a família, a dignidade. Valem as sementes (se puder me envie uma, prometo plantar em meu coração).

    ResponderExcluir
  8. Ah, no curso da eternidade não existe idade. Em tudo há sempre juventude em transformação para outras juventudes.

    ResponderExcluir

É maravilhoso poder descrever sentimentos, e poder dividi-los
Agora aguardo ansiosa seus comentários.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...