Seguidores

Quem sou eu?

Na verdade, não sei muito bem quem sou.

Sei que sou o que sinto, do tamanho do que sinto.

Sinto-me viver vidas alheias.

Sinto as dores de quem nem está sentindo, mas eu sinto.

Sou o correr de uma lágrima, antes mesmo de chorar.

Sou um aglomerado de emoções.

Sou lamentos dos meus sofrimentos.

Sou pensamentos e pensamentos.

Sou reflexo das minhas atitudes.

Sou momento.

Sou o esquecer e o lembrar.

Sou a indagação da vida, sou ferida.

Sou o defender, o acusar.

Sou o conhecer do eu diferente.

Sou valente.

Eu sou transformação.

Sou a pessoa mais solitária do mundo,

Mas que nunca fica sozinha.

Sou a pessoa mais forte do mundo.

Mas que está sempre com medo.

Sou o exaltar das minhas realizações.

Sou mãe, sou filha, sou avó.

Sou o encontro de mim, comigo mesmo.

Sou o que sou, me orgulho muito de tudo que sou.

Enide Santos

Epístola-18

love_letters_page_1__by_inkstainedhands

Fragmentos de mim

 

Ah, amor arranca de mim esta vida inútil,

Apenas me serve para chorar tua falta!

Ter que viver sem você é mesmo uma tortura.

Tenho que dormir e acordar, dormir e acordar.

Nada tem sentido, tudo é visco.

Nem meus lamentos chegam até você

Nem de minha dor você pode saber.

Ah, que vontade eu tenho de morrer!

Estou cansada de fingir alegria,

de me mostrar satisfeita por tudo que tenho.

Eu não tenho você.

Nunca posso estar com você.

Só sei da dor que sinto e tenho que fingir não sentir.

Ás vezes meu peito doe de tanto engolir o choro.

Não consigo aceitar, que esperei tanto tempo pra te conhecer,

Demorei uma vida toda para te encontrar,

E tenho que abrir mão deste amor.

Não sinto vontade de seguir em frente,

Já sabendo que não há nada mais lá.

Tudo que preciso tudo que quero esta com você, esta em você

Meu Deus como eu te amo!

Meu Deus como isso doe!

Que vontade tenho de arrancar de mim está vida.

Ai que saudade!

Ai que necessidade tenho de estar com você!

Desculpe-me as palavras pessimistas.

Não preciso fingir pra você e também não quero fazer isso.

Hoje estou fraca demais para fingir,

não se preocupe é apenas uma forma de buscar forças uma forma de desabafo.

Perdoe-me por amar você tanto e ter que dizer-lhe estas coisas.

Eu não sei até onde tudo isso vai.

Eu não sei.

Desculpe-me te amar tanto.

 

Enide Santos 10/07/14

Um comentário:

  1. Lindas palavras de amor amiga Enide.
    bjs e um ótimo final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir

É maravilhoso poder descrever sentimentos, e poder dividi-los
Agora aguardo ansiosa seus comentários.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...