Seguidores

Quem sou eu?

Na verdade, não sei muito bem quem sou.

Sei que sou o que sinto, do tamanho do que sinto.

Sinto-me viver vidas alheias.

Sinto as dores de quem nem está sentindo, mas eu sinto.

Sou o correr de uma lágrima, antes mesmo de chorar.

Sou um aglomerado de emoções.

Sou lamentos dos meus sofrimentos.

Sou pensamentos e pensamentos.

Sou reflexo das minhas atitudes.

Sou momento.

Sou o esquecer e o lembrar.

Sou a indagação da vida, sou ferida.

Sou o defender, o acusar.

Sou o conhecer do eu diferente.

Sou valente.

Eu sou transformação.

Sou a pessoa mais solitária do mundo,

Mas que nunca fica sozinha.

Sou a pessoa mais forte do mundo.

Mas que está sempre com medo.

Sou o exaltar das minhas realizações.

Sou mãe, sou filha, sou avó.

Sou o encontro de mim, comigo mesmo.

Sou o que sou, me orgulho muito de tudo que sou.

Enide Santos

Quando e quando

969710_570015219716459_711089983_n

Quando se ama, tem-se de companhia o amor.

Tem as ilusões que ficam se escondendo na esperança

que fazem os sonhos de refém.

 

Mas quando não se ama...

As lágrimas parecem não ter sentido.

São lágrimas choradas pelo vazio

É um choro sem diploma

Um clamor invisível, infecto.

Um lamento

sem motivo pra sofrimento.

 

Quando se ama...

O peito está sempre cheio

Os sentidos, todos alheios.

E o próprio coração, admira seu palpitar.

 

Mas quando não se ama...

Oh! Deus...

Quando não se ama

É tão difícil de suportar.

 

Enide Santos 05/01/14

2 comentários:

  1. Quem não sonha tá morto.Quem economiza emoções, sensações é um suicida, criminoso. Passa pela vida e não vive, apenas assiste a felicidade dos outros, fica só na vontade olhado a vida pela janela.

    http://apoesiaestamorrendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

É maravilhoso poder descrever sentimentos, e poder dividi-los
Agora aguardo ansiosa seus comentários.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...