Seguidores

Quem sou eu?

Na verdade, não sei muito bem quem sou.

Sei que sou o que sinto, do tamanho do que sinto.

Sinto-me viver vidas alheias.

Sinto as dores de quem nem está sentindo, mas eu sinto.

Sou o correr de uma lágrima, antes mesmo de chorar.

Sou um aglomerado de emoções.

Sou lamentos dos meus sofrimentos.

Sou pensamentos e pensamentos.

Sou reflexo das minhas atitudes.

Sou momento.

Sou o esquecer e o lembrar.

Sou a indagação da vida, sou ferida.

Sou o defender, o acusar.

Sou o conhecer do eu diferente.

Sou valente.

Eu sou transformação.

Sou a pessoa mais solitária do mundo,

Mas que nunca fica sozinha.

Sou a pessoa mais forte do mundo.

Mas que está sempre com medo.

Sou o exaltar das minhas realizações.

Sou mãe, sou filha, sou avó.

Sou o encontro de mim, comigo mesmo.

Sou o que sou, me orgulho muito de tudo que sou.

Enide Santos

Ano novo

1524972_415032141933779_2001542871_n

O ano ainda é uma criança

que não sabe o que fazer.

Faz dos sonhos brinquedos

tentado para si os esconder.

 

É uma criança zombando

para ver quem tem poder.

Faz gracinhas com o tempo

tentando se promover.

 

Pega o passado pela mão

mostrando-lhe o presente

Dia e noite é o seu pão

E o futuro?

Diz ele:

Deixa com a gente!

 

Enide Santos 30/12/13

Lagrimar

1499580_560874957324659_1389906678_n

Não pare minhas lágrimas

por clemência, deixe-as rolar

Elas abrandam uma dor

que tanto tenta me sufocar.

 

Até tenho prazer em

senti-la se desintegrar

Sei que outra logo vem

ajudando-me a espirar

 

Não queira silenciar

este meu soluçar

Deixe o som da dor sair

 

Lamentar, lagrimar

Chorar, soluçar

Só assim, posso tolerar

está dor que faz de mim um lar.

 

Enide Santos 28/12/13

Sonho para 2014

1486810_470095526435056_1685421146_n

Dediquei a maior parte deste ano a ler poesia.

A poesia é para mim

a forma de vida mais completa do universo.

Se eu pudesse escolher ser algo...

Queria muito ser uma bela e profunda poesia.

Daquelas que quando você termina de ler

o ar esta todinho preso dentro de você.

E em fim, quando você o liberta, sua alma se alivia

assim como quando se põe fim a uma dor

ou como quando se assenta uma saudade,

Há poesias que quando você termina de ler,

já se sente órfão e carente, como nunca gostaria de ser.

Aprendi inúmeras coisas ao longo deste ano,

Percebi que não posso ser eu uma poesia.

Mas posso imita-la.

Posso inventa-la

Cria-la

Lapida-la.

Posso levar emoção

Posso eu, dar o sopro de vida ás minhas letras.

Porque esta em mim o sonho

Porque é de mim que nasce

É em mim que cresce a cada dia

O sonho de poesia!

 

Enide Santos 28/12/13

Para sempre

548929_329784340458560_1678163008_n

Para sempre e neste momento

Só você pode ouvir meu suspirar

Então sinta minha respiração

Enquanto entramos um no outro

Eternizando assim nossa relação.

 

Estamos um nos braços do outro

Lacrando qualquer lacuna entre nos.

Nosso amor será eterno

Pois seremos únicos um para o outro

Veremos a saudade partir aos poucos

Quanto a solidão?

Não se ouvira menção!

 

Nosso amor durará para sempre

O tempo será nosso

Todos os sons e tons

Cada sabor, todos os perfumes

Todo amor, nos pertencerá

E a eternidade na vida sucederá.

 

Enide Santos 24/12/13

Engaiolada

gaiola

Ás vezes, sinto-me como um pássaro

que aprendeu a morar na gaiola

o mundo é grande demais

para meus desejos de vida.

 

La fora chove...

Tudo é tão amplo

E eu...?

Sou pequena e frágil.

Tenho frio

 

Tem ventos fortes

La fora...!

E eu...?

Não saberei em que me apoiar.

Tenho medo.

 

Belos e fortes sons

Tanto calor, tantos tons.

Caminhos e estradas

Escuras e enluaradas

E eu aqui engaiolada.

 

Enide Santos 25/12/13

Ah! O amor…

602885_400665750037085_270148367_n

Me surpreende muito, a covardia do amor

Se diz tão forte, tão puro e verdadeiro

E fica se escondendo no tempo

por medo de tornar-se ex amor.

 

Tudo bem!

Sei que ele tem esse direito

Entendo que ele queira ser eterno

Que pretenda ser único e perfeito.

Sabe o que me encanta mesmo no amor?

 

Encanta-me vê-lo fazer a morte

alucinar, enlouquece para viver

Fazer do húmus, primorosos perfumes

E da beleza do dia,uma mera fantasia.

 

O amor com sua sensibilidade

da à fragilidade da vida

A saída de sempre se recompor.

 

Enide Santos 22/12/13

Um cais

1476175_1421644531402188_78757994_n

Quem pode sentir

o calor de uma abraço

a qualquer momento

 

Não entendo

o frio que faz

viver sozinho

sem um cais.

 

Enide Santos 18/12/13

Família no natal

baby-george-is-showered-wit

Toda aquela arrumação

todos juntos e felizes

cantando uma só canção

noite feliz, noite feliz

 

Sorrisos eram ouvidos

uma profunda animação

enfeites eram escolhidos

com cuidado e afeição

 

Pronto! Agora já é véspera

o natal já vai começar

todos juntos bem unidos

para ver os fogos estourar.

 

Esta é uma doce lembrança

do natal de minha infância.

 

Enide Santos 13/12/13

No natal da minha infância

NatC3A1lia-Christmas-Papai-Noel-Assentado-tocando-acordeon-45cm-c2Fmusica-e-movimento-2064-79749-1-product

No natal da minha infância

eu sempre esperava encontrar

Papai Noel cheio de presentes

embrulhadinhos para me dar.

 

No natal da minha infância

na janela eu gostava de ficar

Toda encantada olhava as estrelas

esperando Papai Noel chegar.

 

No natal da minha infância

poucos presentes podíamos ganhar

Nossa família era muito carente

Muitos irmãos para agradar

 

No natal da minha infância

sanfona, papai costumava tocar

Fazíamos dança, fazíamos festa

boa comida para degustar.

 

Do natal da minha infância

Jamais vou me esquecer

Aprendi desde criança

porque Jesus tinha que nascer.

 

Enide Santos 13/12/13

Tudo singular

1375264_387370334699960_315971930_n

Tudo, tudo em nós é singular.

Assim como nossa alma

e a nossa forma de amar.

 

Tudo, tudo em nós é único.

Cada gota de suor

Cada instante de dor

Cada sonho, de amor.

 

Mas minha inspiração é capaz

de comigo repartir, algumas dores

que o vida, deposita em mim

 

Minha poesia é a parte da dor

que sozinha, minha alma não suportaria.

 

Enide Santos 11/12/13

Ruídos perdidos

198644_266472886789706_1242680908_n

Bendito cada instante

que a vida nós oferta

Inclusive os sutis sons

que dela nós desperta

 

É o sofrer da dor

que nos impede de ouvir

o som delirante

de a lágrima ao cair.

 

Tão intrigantes sons

fabricam ás pétalas.

Vislumbrando exibir-se

por décadas e décadas

 

As folhas adormecidas

inebriadas da cantiga

dos sons camuflados

nos orvalhos gelados

 

Ruídos perdidos

Burburinhos escondidos

Rumores enfunados

nos calados olhos do coração.

 

Enide Santo 10/12/13

Pai Natal

papai-noel-lendo-a-carta-wallpaper-18971

Hoje é um dia muito especial, estou muito feliz por ter certeza que minha cartinha o senhor vai ler, e vai conseguiu o meu coração entender.

Querido Pai, está tão difícil ser bom.

Está tão difícil ser amável é quase impossível poder confiar, poder compartilhar.

Somos prisioneiros uns dos outros Pai.

É tão difícil meu Pai, como é difícil ter que calar no momento que seria para falar.

Deixar de enxergar no momento que seria para ver.

Sabe Pai! É tão gratificante quando conseguimos superar, mas às vezes faltam-me forças me perco da esperança e nem mesmo medo consigo ter, penso: vou deixar acontecer.

Neste dia de hoje, que meu coração me diz que o senhor vai me ouvir, deixe-me ter pedir;

Para não me deixar faltar forças que eu tenha êxito por onde eu passar uma semente de amor eu possa plantar.

Aproveitando que hoje esta mesmo me ouvindo;

Toque Pai o coração de cada um destes meus amigos, familiares, filhos.

Toque-os Pai...

Sei que eles têm muitos pedidos e sei que voz, pode ouvi-los.

Então, toque-os Pai...

É este o meu pedido, para que juntos possamos fazer uma grande corrente do bem para que nunca nos falte força para manter a esperança viva.

 

O amor ao próximo é a chave da vida

Ajude-nos

Pai Natal.

 

Enide Santos 09/12/13

Momento inteiro

555870_10200487052888475_308730962_n

Desejos...

Não deixaram de ser inteiros

por não terem sido realizados

foram sentidos

por tanto existiram

até onde tinham que ser, desejo.

 

Paixões...

Não deixaram de serem paixões

por não terem sido concretizadas

foram sentidas

por tanto vividas

até onde tinham que ser, paixão.

 

Momentos...

Não importa se o que queríamos

eram mais ou melhores momentos.

momentos são momentos inteiros

até onde tinham que ser, momento.

 

Enide Santos 16/03/13

Voar na poesia

560854_376571365779857_890089658_n

Para qualquer tempo ou lugar

Nas asas da poesia podemos voar

Com infindável imaginação

Refinando alma e coração

 

Em voos de pura fascinação

Cingimos chamas de emoção

Na trilha dos pássaros a voar

Primorosas obras hão de cintilar

 

Com palavras recheadas de sentimentos

Vamos aprimorando os momentos

Oferecendo plena satisfação

E (re) fazendo muita emoção

 

Embrenhamo-nos no âmago do ser

É verdadeiramente uma alegria

Voejarmos nesta magia

Arremessando-nos em voar na poesia

 

Enide Santos 25/02/13

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...