Seguidores

Quem sou eu?

Na verdade, não sei muito bem quem sou.

Sei que sou o que sinto, do tamanho do que sinto.

Sinto-me viver vidas alheias.

Sinto as dores de quem nem está sentindo, mas eu sinto.

Sou o correr de uma lágrima, antes mesmo de chorar.

Sou um aglomerado de emoções.

Sou lamentos dos meus sofrimentos.

Sou pensamentos e pensamentos.

Sou reflexo das minhas atitudes.

Sou momento.

Sou o esquecer e o lembrar.

Sou a indagação da vida, sou ferida.

Sou o defender, o acusar.

Sou o conhecer do eu diferente.

Sou valente.

Eu sou transformação.

Sou a pessoa mais solitária do mundo,

Mas que nunca fica sozinha.

Sou a pessoa mais forte do mundo.

Mas que está sempre com medo.

Sou o exaltar das minhas realizações.

Sou mãe, sou filha, sou avó.

Sou o encontro de mim, comigo mesmo.

Sou o que sou, me orgulho muito de tudo que sou.

Enide Santos

Voar na poesia

560854_376571365779857_890089658_n

Para qualquer tempo ou lugar

Nas asas da poesia podemos voar

Com infindável imaginação

Refinando alma e coração

 

Em voos de pura fascinação

Cingimos chamas de emoção

Na trilha dos pássaros a voar

Primorosas obras hão de cintilar

 

Com palavras recheadas de sentimentos

Vamos aprimorando os momentos

Oferecendo plena satisfação

E (re) fazendo muita emoção

 

Embrenhamo-nos no âmago do ser

É verdadeiramente uma alegria

Voejarmos nesta magia

Arremessando-nos em voar na poesia

 

Enide Santos 25/02/13

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É maravilhoso poder descrever sentimentos, e poder dividi-los
Agora aguardo ansiosa seus comentários.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...