Seguidores

Quem sou eu?

Na verdade, não sei muito bem quem sou.

Sei que sou o que sinto, do tamanho do que sinto.

Sinto-me viver vidas alheias.

Sinto as dores de quem nem está sentindo, mas eu sinto.

Sou o correr de uma lágrima, antes mesmo de chorar.

Sou um aglomerado de emoções.

Sou lamentos dos meus sofrimentos.

Sou pensamentos e pensamentos.

Sou reflexo das minhas atitudes.

Sou momento.

Sou o esquecer e o lembrar.

Sou a indagação da vida, sou ferida.

Sou o defender, o acusar.

Sou o conhecer do eu diferente.

Sou valente.

Eu sou transformação.

Sou a pessoa mais solitária do mundo,

Mas que nunca fica sozinha.

Sou a pessoa mais forte do mundo.

Mas que está sempre com medo.

Sou o exaltar das minhas realizações.

Sou mãe, sou filha, sou avó.

Sou o encontro de mim, comigo mesmo.

Sou o que sou, me orgulho muito de tudo que sou.

Enide Santos

Sou eu, minha poesia

1174800_378779778892349_102292382_n

Busco viver, agir e sentir

como sei que sou por dentro

e como é difícil, mostrar meu alguém

mostrar quem sou, por detrás desta realidade

que os olhos podem ver.

 

Sou eu

sou minha própria paisagem

estou onde estou por que sou eu.

Em minha alma, tenho tudo que preciso

exceto o toque do existir

 

É com minha alma que vejo e sinto tudo

é ela quem chora,

não, não são os meus olhos!

Meus olhos podem fingir

mas minha alma não.

 

É com minha alma

que exponho minha verdade

a realidade de quem sou

quem realmente sou por dentro

 

É minha alma quem abriga

a parte de mim que não se pode enxergar

e que tanto quer existir,

e que buscar caminhos querendo estrear

 

Nada somos

O que somos por dentro é o que temos de nosso,

É do que podemos dispor.

Disponho minha alma em minha poesia

para que assim ela possa existir.

 

Enide Santos 10/11/2013

5 comentários:

  1. Olá, Eneida. Somos sempre essa miríade de sentimentos que passamos a vida tentando entender... bom domingo.

    ResponderExcluir
  2. E que linda alma a Enide transmite, através dos seus singelos versos. Houvessem muitas (almas) como a sua, doce e verdadeira
    Beijinho, um doce domingo
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
  3. Dispõe de sua alma em sua poesia, por isso suas poesias são lindas...
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Sempre lindos seus poemas, pq tão tristes?

    ResponderExcluir
  5. Seus poemas como sentimentais. Dispondo sempre de fáceis e doces palavras.

    ResponderExcluir

É maravilhoso poder descrever sentimentos, e poder dividi-los
Agora aguardo ansiosa seus comentários.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...