Seguidores

Quem sou eu?

Na verdade, não sei muito bem quem sou.

Sei que sou o que sinto, do tamanho do que sinto.

Sinto-me viver vidas alheias.

Sinto as dores de quem nem está sentindo, mas eu sinto.

Sou o correr de uma lágrima, antes mesmo de chorar.

Sou um aglomerado de emoções.

Sou lamentos dos meus sofrimentos.

Sou pensamentos e pensamentos.

Sou reflexo das minhas atitudes.

Sou momento.

Sou o esquecer e o lembrar.

Sou a indagação da vida, sou ferida.

Sou o defender, o acusar.

Sou o conhecer do eu diferente.

Sou valente.

Eu sou transformação.

Sou a pessoa mais solitária do mundo,

Mas que nunca fica sozinha.

Sou a pessoa mais forte do mundo.

Mas que está sempre com medo.

Sou o exaltar das minhas realizações.

Sou mãe, sou filha, sou avó.

Sou o encontro de mim, comigo mesmo.

Sou o que sou, me orgulho muito de tudo que sou.

Enide Santos

Dona de mim

10846_316468558456805_410148861_n

Quando realmente

Eu souber mandar em mim

Nunca mais

Choro por você assim

 

Quando certamente

For eu dona de mim

Jamais...

Vou te amar tanto assim

 

Mas ainda

Não comando o meu sentir

Então...

Choro por te amar

E não ter você pra mim.

 

Enide Santos 19/02/13

Um comentário:

  1. Adorei seu blog. Poetando com muita levesa. Dona de mim. Um poema que reflete que sendo donas de nós mesmas, iremos parar de Amar aquele que nos prende até o nosso ser. A música maravilhosa.
    Voltarei aqui mais vezes. Te achei no G+ caso queira ver as minhas poesias, esteja a vontade, será uma honra ter uma nova amiga poetisa.
    Abraços e Feliz Semana. Nati

    ResponderExcluir

É maravilhoso poder descrever sentimentos, e poder dividi-los
Agora aguardo ansiosa seus comentários.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...