Seguidores

Quem sou eu?

Na verdade, não sei muito bem quem sou.

Sei que sou o que sinto, do tamanho do que sinto.

Sinto-me viver vidas alheias.

Sinto as dores de quem nem está sentindo, mas eu sinto.

Sou o correr de uma lágrima, antes mesmo de chorar.

Sou um aglomerado de emoções.

Sou lamentos dos meus sofrimentos.

Sou pensamentos e pensamentos.

Sou reflexo das minhas atitudes.

Sou momento.

Sou o esquecer e o lembrar.

Sou a indagação da vida, sou ferida.

Sou o defender, o acusar.

Sou o conhecer do eu diferente.

Sou valente.

Eu sou transformação.

Sou a pessoa mais solitária do mundo,

Mas que nunca fica sozinha.

Sou a pessoa mais forte do mundo.

Mas que está sempre com medo.

Sou o exaltar das minhas realizações.

Sou mãe, sou filha, sou avó.

Sou o encontro de mim, comigo mesmo.

Sou o que sou, me orgulho muito de tudo que sou.

Enide Santos

Doe um pouco de você


                                 

Doe um pouco de você e verá que quanto mais se vive, mais se aprende.
Se prestar atenção, é claro!
Estamos sempre muito atarefados, o tempo inteiro.
Nunca temos muito tempo para olhar para o lado e identificar alguém, que, anseia por um pequeno instante de atenção.
O vai e vem do dia a dia, ás vezes, não nos permite olhar para o lado.
Mas se por um pequeno instante você olhar ao seu redor, verá um mundo totalmente diferente.
Doe um pouco de você e verá pessoas tristes sorrindo, pessoas fracas lutando, pessoas fortes desabando.
E tudo isso, em fim, é apenas a vida se aplumando.
No semblante da vida, somente destaca-se o que se quer no momento.
Não é importante ver e nem ouvir a mais ninguém, a não ser o seu próprio eu, o eu estou ocupado, eu estou com pressa ou o que eu ia poder fazer?
Os nossos antepassados correram tanto atrás da liberdade, lutaram para que hoje, nos pudéssemos ver, ouvir e falar tudo.
Mas nossa geração, não entende o que é liberdade.
Acreditam que ser livre, é poder destruir tudo e todos.
Seja com palavras ou com ações.
Dê uma pequena oportunidade para a vida, e ela lhe mostrará um mundo muito melhor que o seu próprio eu.
Um mundo, onde você poderá ser útil de verdade.
Dê uma pequena chance para os seus olhos se abrirem de verdade.
Olhe em torno de você, quantas pessoas estão sofrendo e ás vezes precisando somente de um olhar?
Não significa que temos que nos sacrificar o tempo todo, mas sim, quando formos solicitados, seja por animais, pela natureza ou por pessoas.
Doe um pouco de você, e será como uma poupança para a sua vida.

Um comentário:

  1. Que beleza!! Quem vive sem doar-se na verdade já está morto, mas não sabe. Parabéns, amiga. Muito bonito e verdadeiro. Grande abraço.

    ResponderExcluir

É maravilhoso poder descrever sentimentos, e poder dividi-los
Agora aguardo ansiosa seus comentários.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...