Seguidores

Quem sou eu?

Na verdade, não sei muito bem quem sou.

Sei que sou o que sinto, do tamanho do que sinto.

Sinto-me viver vidas alheias.

Sinto as dores de quem nem está sentindo, mas eu sinto.

Sou o correr de uma lágrima, antes mesmo de chorar.

Sou um aglomerado de emoções.

Sou lamentos dos meus sofrimentos.

Sou pensamentos e pensamentos.

Sou reflexo das minhas atitudes.

Sou momento.

Sou o esquecer e o lembrar.

Sou a indagação da vida, sou ferida.

Sou o defender, o acusar.

Sou o conhecer do eu diferente.

Sou valente.

Eu sou transformação.

Sou a pessoa mais solitária do mundo,

Mas que nunca fica sozinha.

Sou a pessoa mais forte do mundo.

Mas que está sempre com medo.

Sou o exaltar das minhas realizações.

Sou mãe, sou filha, sou avó.

Sou o encontro de mim, comigo mesmo.

Sou o que sou, me orgulho muito de tudo que sou.

Enide Santos

Sérgio Barbosa Brito


  É  Inacreditável
Amar alguém que não existe mais.
Alguém que já foi e não é mais
Como abafar esse sentimento?
Desejar ver, desejar tocar e não ter como.
Sentir o cheiro, sem poder cheirar.
Como dizer para o coração, que sua pele não existe mais.
E os seus olhos, não podem mais brilhar, nunca mais.
Nunca mais vou poder te ver tocar, cantar e dançar.
Sentir o seu corpo, suas maõs,nunca mais.....
NUNCA MAIS.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

É maravilhoso poder descrever sentimentos, e poder dividi-los
Agora aguardo ansiosa seus comentários.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...